Monumento Branco

Projeto ainda do tempo de faculdade. A pretenção é dar vazão aos impulsos criativos do transeunte.

O projeto pretende criar uma peça de arte pública capaz de transformar completamente a lógica por traz de um monumento. A lógica autoritária da figura do herói encarnada no monumento já não cabe mais na concepção contemporânea de cidade.  

Ocupar os vazios nas vias do fluxo urbano de pedestres e automóveis com estátuas homenageando heróis do passado é desperdício de espaço.
A velocidade das transformações sociais e politicas já não permitem a sedimentação de figuras públicas unanimes. Mesmo marcos de lugar, como estilizações geométricas ou abstrações, geram algumas discussões acirradas entre os vários setores da sociedade.
Os espaços públicos privilegiados onde se instalam os monumentos precisam ser reconquistados pela expressão livre da coletividade.
O propósito é trabalhar a logica do monumento de maneira a subverter o sentido de imposição autoritária e transformar a obra de arte em um campo de possibilidades para o publico.
A instalação definitiva em uma praça ou local de grande circulação é fundamental para que o sentido monumental da peça seja estabelecido.



Ainda é apenas um projeto

Postagens mais visitadas deste blog